Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Câmpus Avaré ganha biblioteca

A inauguração aconteceu na sexta. O investimento foi de R$ 1,5 milhão.

  • Publicado: Segunda, 23 de Setembro de 2019, 13h33

A biblioteca do Câmpus Avaré foi inaugurada na noite de sexta-feira (20). Ao abrir a solenidade de inauguração, o diretor do câmpus, Sebastião da Cruz, afirmou que o novo espaço, com capacidade para receber 36 mil títulos, garante conforto e melhores condições de aprendizagem aos alunos. Para a construção do prédio foi investido R$ 1,5 milhão. Desse valor, R$ 1 milhão é proveniente de emendas parlamentares dos deputados federais Luiza Erundina e Paulo Teixeira.

Durante a inauguração, Paulo Teixeira afirmou acreditar que é na biblioteca que se cria a oportunidade de estudantes pensarem um país capaz de disputar a criação do conhecimento. Ele também aproveitou a ocasião para elogiar a Rede Federal. Para o deputado, as escolas técnicas federais se equiparam às melhores escolas privadas do Brasil e mais: segundo Teixeira, quem quiser encontrar um bom exemplo de ensino médio público deve visitar o IFSP.

Também presente na inauguração do novo espaço, a deputada Luiza Erundina disse que a aplicação de recursos de emenda em uma biblioteca agrega valor à formação de futuros profissionais e de cidadãos e cidadãs. Além de destinar recursos financeiros para a construção do espaço, foi Erundina quem sugeriu o nome para dar título à biblioteca. A homenageada foi Linda Bimbi.

O pró-reitor de Administração, Silmário Batista, que representou o reitor, Eduardo Modena, na inauguração da biblioteca, ressaltou que o apoio das emendas é essencial para a concretização de iniciativas como essa. Ele ainda exaltou o novo prédio, projetado por profissionais do próprio câmpus em um espaço de 500 metros quadrados. De acordo com ele, a ideia agora é levar o modelo a outros câmpus.  “Esperamos que, além de construir novas bibliotecas, possamos homenagear, em cada uma delas, pessoas que nos convidem a pensar, a debater, a entrar na vida política”, refletiu.

A próxima biblioteca do IFSP será construída em Guarulhos. A previsão é que seja investido mais R$ 1,5 milhão.

Linda Bimbi - Foi uma ex-freira italiana que lutou pelos direitos humanos. Educadora, atuava na linha de pedagogia freireana, apoiando marginalizados e perseguidos pela ditadura no Brasil. Ela faleceu em agosto de 2016 aos 91 anos

.

 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página