Ir direto para menu de acessibilidade.

Opções de acessibilidade

ptenfrites
Página inicial > Scientific and Technological Meetings - anote, inscreva-se e participe > Últimas notícias > Professora do Câmpus Birigui participa de livro sobre a Agenda 2030 da ONU
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Professora do Câmpus Birigui participa de livro sobre a Agenda 2030 da ONU

Publicação foi escrita por vários agentes sociais do município e trata dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS)

  • Publicado: Segunda, 21 de Dezembro de 2020, 12h18
  • Última atualização em Terça, 22 de Dezembro de 2020, 09h26

No último dia 17 de dezembro, foi lançado o livro “Não deixe ninguém para trás - uma construção feita por muitas mãos”. A publicação trata dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU) e foi escrito por vários agentes sociais do município de Birigui.  A professora do IFSP, Andréia de Alcântara Cerizza, escreveu o capítulo 4 do livro, que se refere ao ODS 4 - Educação de Qualidade.

O lançamento do livro ocorreu no Teatro do Sesi de Birigui, durante o seminário “Os diferentes atores na construção da Agenda 2030 das Nações Unidas”. O material foi desenvolvido por muitos agentes sociais, incluindo Comissão Executiva Municipal dos 17 ODS, e foi validado pelas equipes técnicas da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), sendo incorporado como uma ferramenta de gestão nacional, compondo a Mandala ODS da CNM.

 A professora do IFSP afirmou que foi uma experiência fantástica poder participar de um momento histórico em Birigui, de valorização da Agenda 2030 ONU, especificamente os 17 ODS, com os quais ela já trabalha há 3 anos, em projetos no Câmpus. “No artigo sobre o ODS 4 -Educação de Qualidade, relato a territorialização desse ODS no município, na educação fundamental e nas escolas de educação profissional e tecnológica”, contou Andréia.

Andréia relatou que no dia 17 também ocorreu a inauguração da Praça dos 17 ODS/ONU, onde há uma placa com uma poesia dela - A Praça da Vida. A Praça dos 17 ODS fica na esquina da Rua Nove de Julho com a Avenida João Cernach.

A professora contou que a poesia fluiu a partir das fotos que recebeu, quando da reforma da Praça. “Para mim, um espaço simbólico, que remete a infância, a família, aos amigos, e com as placas dos 17 ODS/ONU, um local também de reflexão sobre nossa conduta perante as pautas emergenciais sobre a vida no planeta”. Andréia disse ainda que espera, ao final da pandemia, levar os alunos ao local e proporcionar aulas sobre o tema, que já são desenvolvidas em sala, ou virtualmente.

A poesia desenvolvida pela Professora está na praça e também no livro que pode ser acessado aqui.

 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página