Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Grupo do IFSP desenvolve jogo NanoAdventure – Covid19
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Grupo do IFSP desenvolve jogo NanoAdventure – Covid19

Game educativo que articula conceitos da nanotecnologia no combate à Covid-19 está disponível na Google play

  • Publicado: Terça, 30 de Junho de 2020, 17h40
  • Última atualização em Terça, 30 de Junho de 2020, 17h40

Somando as ações do IFSP no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus, o grupo de pesquisa Síntese, Caracterização e Modelagem de Materiais (SCaM/CNPq), vinculado ao Laboratório Interdisciplinar de Formação de Educadores em Nanociência e Nanotecnologia (LIFENano/IFSP) do Câmpus Birigui, desenvolveu um jogo educativo para smartphone (Android) baseado em realidade virtual, intitulado NanoAdventure COVID-19. O jogo aborda conceitos e questões relacionadas a nanociência e nanotecnologia, bem como suas aplicações no combate à Covid-19.

Segundo o coordenador do projeto, professor Allan Victor Ribeiro, a nanotecnologia pode oferecer soluções inovadoras a uma ampla gama de problemas relacionados com prevenção, diagnóstico e tratamento da Covid-19. O pesquisador também ressalta que no atual momento de isolamento social é imprescindível explorar as potencialidades oferecidas pelas TIC's e pela gamificação em um ambiente formativo no combate ao coronavírus e também a desinformação acerca do tema.

Neste cenário de crise, é necessário pensar em novos formatos de atuação e maneiras criativas para abordar a temática, e o uso da tecnologia pode colaborar para minimizar os efeitos da pandemia. Com o distanciamento social, o uso de jogos para smartphone articulados com elementos de realidade virtual pode potencializar, por meio de experiências divertidas, motivadoras e interativas, a aprendizagem significativa de conceitos científicos acerca do vírus Sars-Cov-2; em especial, os que exigem um alto grau de abstração.

O projeto foi realizado pelos estudantes de graduação Julia da Silva Moura, Pedro Henrique da Silva Raval e Wilhan Almeida de Melo, sob a coordenação do professor Allan Victor Ribeiro, docente do curso de licenciatura em Física do Câmpus Birigui.

Concepção do jogo

Metodologicamente a concepção do jogo foi estruturada em três grandes momentos que compreendem pesquisa bibliográfica, análise e elaboração do conteúdo, desenvolvimento dos ambientes em realidade virtual, validação e disponibilização nas plataformas digitais. O professor Ribeiro destaca a participação dos alunos envolvidos no desenvolvimento do aplicativo. “Eles trabalharam de maneira incansável ao longo das últimas semanas para o desenvolvimento e finalização do projeto, e em tempo recorde”.

O aplicativo vai ao encontro das ações formativas e da conscientização acerca da resposta que a ciência, em particular a nanotecnologia, pode oferecer no combate ao novo coronavírus.

Devido ao alto poder de ilustração e interatividade promovido pelo jogo, espera-se alcançar um publico diverso. Tal ação se traduz como uma estratégia profícua neste momento de pandemia e distanciamento social que vivemos na atualidade.

O NanoAdventure COVID-19

Jogo educativo aborda de maneira lúdica e interativa os seguinte temas:

  • Informações gerais sobre o SARS CoV-2 (Coronavírus);
  • Informações gerais sobre nanomateriais a base de carbono (fulereno, nanotubo, grafeno);
  • Nanofabricação e funcionalização das nanoestruturas;
  • Ordem de grandeza;
  • Aplicações da Nanotecnologia no combate aos vírus (nanomedicina);

O usuário deve baixar o jogo e responder a um breve questionário que visa avaliar a sua experiência junto à ferramenta. O questionário deverá ser respondido para que as sugestões possam ser incorporadas ao jogo em versões futuras. O questionário pode ser acessado pelo link aqui.

Os idealizadores recomendam o uso de óculos de realidade virtual para uma experiência imersiva. O jogo está disponível gratuitamente, para sistemas Android, na play store (Google play).

registrado em:
Fim do conteúdo da página