Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > IFSP e empresas se unem no combate ao coronavírus
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

IFSP e empresas se unem no combate ao coronavírus

União de forças já possibilitou produção e distribuição de milhares de equipamentos de proteção

  • Publicado: Sexta, 12 de Junho de 2020, 16h01

A parceria entre o IFSP e os arranjos produtivos ganhou ainda mais importância durante a pandemia. Doações feitas por empresas vêm permitindo que o Instituto produza uma quantidade expressiva de faceshields, álcool 70% e máscaras de TNT, que estão sendo doados principalmente a instituições de saúde que trabalham diretamente no combate ao coronavírus.

Até agora milhares de protetores faciais já foram produzidos e distribuídos pelo Instituto. Uma combinação de recursos provenientes de emendas parlamentares, da Setec/MEC e de doações privadas garantiu o sucesso da ação. Diversas empresas doaram um total de 61 mil suportes de faceshields, sendo 40 mil vindos da Ferramentaria Reis, 16 mil da Polini Industria Termoplástica e 5 mil da Associação do Núcleo de Excelência em Ferramentaria Bragança Paulista (AnefBP).

Em paralelo, a pró-reitoria de Administração destinou R$ 80 mil para a compra de placas de acetato que compõem a parte da frente dos protetores, e a empresa Print garantiu o corte de boa parte dessas placas, para as transformarem em 32 mil viseiras. Uma força-tarefa envolvendo servidores de diversos câmpus foi responsável pela montagem dos protetores.

O proprietário da Ferramentaria Reis, Adriano Reis, conta que o estalo para ajudar se deu no início da pandemia, quando se deparou com uma foto de seu irmão, que trabalha na área da saúde na região norte de Minas Gerais, utilizando um pote de doce de amendoim como escudo facial improvisado. A partir daí, ele se convenceu de que podia fazer alguma coisa. Resolveu abrir sua empresa, que estava fechada por conta da pandemia, e respeitando todas as orientações do ministério da Saúde, produziu junto com os seus colaboradores um molde do suporte que é usado nas faceshields.

Deu tão certo que a produção ganhou escala, e o molde inicial se transformou em milhares de suportes, 40 mil deles doados ao IFSP.  Ao mesmo tempo, Adriano buscou fornecedores para as viseiras, e com isso começou a montar escudos faciais completos. O resultado foi que a Ferramentaria Reis já doou de mais de 100 mil faceshields a hospitais e instituições de saúde.

Para a produção de 30 mil litros de álcool 70%, boa parte já repassada a instituições de saúde de várias regiões do estado, o IFSP contou com doações da CleAlco e da Usina Cocal, que disponibilizaram 10 mil litros de álcool cada uma, e da Caramuru, que doou mil kg de glicerina. A parte da produção que foi transformada em álcool gel necessitou de equipamentos e espessantes específicos, adquiridos com recursos de emendas parlamentes e da Setec/MEC.

Em nota, a CleAlco afirmou que fazer doações nesta situação faz parte da responsabilidade e do compromisso regional contra o coronavírus, contribuindo para que instituições sérias como o IFSP possam auxiliar quem mais necessita de amparo neste momento difícil. Segundo a empresa, todos devemos unir forças para fazer a diferença e conter o avanço da pandemia, conscientizando as pessoas e disponibilizando recursos preventivos.

Alexandre Chahad, diretor da Inova IFSP, afirma que a ponte com o arranjo produtivo tem sido essencial neste momento. Ele diz que houve um empenho grande do Instituto em conseguir o maior número de parceiros possível para assim conseguir colaborar no atendimento das demandas da sociedade neste período de pandemia. Responsável pelo contato com a maior parte das empresas, ele atesta: “sem a parceria com as empresas, não teríamos conseguido ajudar tantas instituições em tão curto prazo, nem nas quantidades que atendemos”.

Atualmente 220 mil máscaras de TNT estão sendo produzidas pelo IFSP. Todos os 7,5 mil metros de tecido que estão sendo utilizados na produção foram doados pelo Sicoob. A confecção das máscaras está sendo feita por profissionais de costura selecionados pelo Instituto por meio de chamada pública. As máscaras serão doadas a instituições que demonstraram interesse em receber apoio no combate ao coronavírus. O levantamento de demandas de prefeituras e hospitais em busca de soluções tecnológicas e apoio nas ações de combate à pandemia se deu por meio do edital 151/20, da PRX.

Segundo a diretora-presidente do Sicoob, Maristela Duarte Barros, em um momento tão delicado quanto este que o mundo está enfrentando, a Cooperativa se sente impulsionada a ajudar no que pode. Por isso, ela conta que, quando souberam da iniciativa do IFSP de produzir equipamentos de produção individual para ajudar no combate ao Covid-19, decidiram fazer a doação de TNT. “A importância da doação neste momento é contribuir para minimizar a dor do próximo e auxiliar no combate à propagação do coronavírus”, diz.  

Faceshields nos câmpus -Além da produção de protetores faciais organizada institucionalmente, vários câmpus do Instituto vêm produzindo protetores faciais utilizando suas impressoras 3D e contando com o apoio de servidores e empresas locais.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página