Ir direto para menu de acessibilidade.

Opções de acessibilidade

ptenfrites
Página inicial > Notícias > Câmpus lança livro “Mulheres de Avaré: receitas para lembrar”
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Câmpus lança livro “Mulheres de Avaré: receitas para lembrar”

Obra traz receitas de aproveitamento integral dos alimentos, trabalhadas no Programa Mulheres do IFSP

  • Publicado: Sexta, 22 de Janeiro de 2021, 10h38
  • Última atualização em Sexta, 12 de Fevereiro de 2021, 11h14

O Câmpus Avaré lançou o livro “Mulheres de Avaré: receitas para lembrar”. Na publicação estão reunidas as receitas trabalhadas durante as oficinas de reaproveitamento de alimentos oferecidas no projeto Mulheres de Avaré – Aproveitamento Integral de Alimentos, realizado no ano de 2019, como parte do Programa Mulheres do IFSP.  

Para o desenvolvimento do projeto, o Câmpus Avaré contou com a parceria da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social do município, juntamente com o Centro de Referência em Assistência Social III, e da Faculdade Eduvale de Avaré. Por meio da iniciativa, foi ofertada a formação a 25 mulheres do entorno do câmpus, em situação de vulnerabilidade, que por meio do aproveitamento integral e o reaproveitamento de alimentos, aprenderam também a enriquecer a alimentação de forma criativa, economizar, gerar renda e evitar e desperdício.

As alunas tiveram aulas de Economia Solidária e Geração de Renda, Sustentabilidade, Saúde e Qualidade de Vida, Direito da Mulher e Desenvolvimento Pessoal, entre outras oficinas. Além disso, participaram de ações pontuais de atendimento, tais como Dia da Saúde, oficina de hortas em pequenos espaços e segurança e reparos domésticos.

As receitas contidas no livro foram trabalhadas pelas professoras Maressa de Freitas Vieira (IFSP) e Vivian Pupo de Oliveira Machado (Eduvale) durante as aulas da Oficina de Aproveitamento Integral de Alimentos, momento em que as mulheres aprendiam a produzir as receitas e, no final, faziam a degustação. Na publicação também estão reunidas as receitas trabalhadas nas disciplinas de boas práticas de manipulação e conservação de alimentos e de introdução à nutrição.

De acordo com as organizadoras, o livro nasce de uma solicitação das mulheres por organização das receitas, para que possam utilizá-las em suas residências e como fonte de renda. A professora Maressa acredita que além de servir como ferramenta de valorização econômica e simbólica do trabalho das mulheres participantes dos projetos, o livro tornou-se um importante recurso educacional, no sentido de combater o preconceito ainda existente no Brasil quanto ao uso de partes não convencionais, consideradas “menos nobres”.

 “Esperamos que não apenas as mulheres participantes do projeto, mas também todos os leitores do livro aproveitem as receitas e olhem para cascas, entrecascas, talos, sementes e folhas como uma forma de experimentar novos sabores e utilizar ingredientes inesperados para tornar a alimentação mais prazerosa”, contou a professora.

Clique aqui e acesse a publicação que está disponível por meio da Plataforma Pergamum IFSP.

registrado em:
Fim do conteúdo da página