Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Diferentes gerações de pesquisadores do IFSP se reúnem no 9º Conict
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Diferentes gerações de pesquisadores do IFSP se reúnem no 9º Conict

A troca de conhecimentos entre jovens e experientes nomes da pesquisa no Instituto foi uma das marcas do Congresso, encerrado na quinta-feira (13), no Câmpus Boituva.

  • Publicado: Sexta, 14 de Dezembro de 2018, 12h36
  • Última atualização em Segunda, 17 de Dezembro de 2018, 14h00

Foram encerrados na quinta-feira (13), no Câmpus Boituva, o 9ª Congresso de Inovação, Ciência e Tecnologia do IFSP (Conict) e o 3º Congresso de Pós-Graduação do IFSP. A cerimônia de encerramento do evento contou com a presença do diretor de Pós-Graduação, Vagner Luiz da Silva, representando a pró-reitoria de Pesquisa; o diretor do Câmpus Boituva, Bruno Nogueira Luz; o presidente da comissão organizadora, Felipe Augusto Ferreira de Almeida, e a presidente da comissão científica, Heloisa Bressan Gonçalves. Todos manifestaram a satisfação pelo êxito alcançado nesta edição dos dois congressos, pelos números expressivos e o envolvimento da comunidade acadêmica. No total, foram 656 trabalhos avaliados, dos quais 465 foram aceitos e apresentados. Pelos dados do credenciamento, 1.672 pessoas passaram pelo evento ao longo dos três dias. 

A última palestra do 9º Conict “Arduíno e Internet das Coisas”, foi ministrada pela aluna de pós-graduação do IFSP Gedeane Gomes da Silva Kenshima. A palestrante, além de falar de forma descontraída sobre uma plataforma que faz a integração entre hardware e software e sobre conectividade, partilhou um pouco da sua trajetória acadêmica no Instituto. Ela começou como aluna do Curso Técnico em Automação do Câmpus Guarulhos, depois se graduou em Engenharia de Controle e Automação, no Câmpus São Paulo, onde atualmente cursa o Mestrado em Automação e Controle de Processos.

“É uma satisfação muito grande estar aqui e partilhar conhecimento com os estudantes, que hoje ocupam um lugar que eu já ocupei. Eu sempre digo aos alunos: faça além do que o seu professor pede, se esforce, absorva tudo o que o Instituto tem para oferecer. Assim você vai ter o seu espaço nesse mercado tão competitivo. Eu tenho orgulho de dizer que sou ‘Ifana’ três vezes (técnico, superior e pós-graduação) e quero chegar ao último degrau sendo um dia professora do IFSP”, contou. 

Quem também tem uma trajetória longa no Instituto e participou ativamente do 9º Conict foi o professor de física do Câmpus Caraguatatuba, Ricardo Plaza, docente desde 1995. Ele orientou projetos de 13 alunos que apresentaram trabalhos no congresso e encontrou por lá uma ex-orientanda que hoje é colega de trabalho, a professora Riama Gouveia, do Câmpus Sertãozinho, que por sua vez orientou cinco trabalhos apresentados no Conict . Ricardo destacou que participar desses eventos é uma parte importante da formação dos discentes. “É um momento para eles terem o reconhecimento do seu trabalho acadêmico, de conferir visibilidade e ainda mais valorização à sua produção. Eles acabam sendo espelho e inspiração para aqueles que ainda não ingressaram na pesquisa.”

A aluna do Curso Técnico Integrado em Automação do Câmpus Boituva, Anne Beatriz, que foi monitora do Conict, disse que se sentiu inspirada pelo que viu nas apresentações de trabalhos dos colegas. “Nossa, eu conheci tanta gente nova e tanta gente inteligente que me deu muita vontade de também produzir. No próximo ano eu quero participar novamente de congressos como este, só que dessa vez quero apresentar trabalho também.”     

O diretor do Câmpus Boituva, Bruno Nogueira Luz, contou do sentimento de satisfação após o encerramento do 9ºConict. “Até a véspera do evento a sensação era de desespero, a gente não tinha ideia do trabalho que daria. Foram mais de 600 trabalhos inscritos, além da preocupação com toda a questão de estrutura, mas agora o sentimento é de satisfação e a vontade é de sediar outro evento como esse a cada ano. Principalmente pelo envolvimento dos nossos alunos. Além dos que apresentaram trabalhos, tivemos 80 monitores participando de credenciamento e organização dos espaços. O que esses alunos aprendem em um congresso desses, em termos de troca, de vivência, não tem sala de aula que ensine”, afirmou Bruno.

 A pró-reitora de Pesquisa e Pós-graduação, Elaine Inácio Bueno, destacou o crescimento da pós-graduação e a importância de mostrar a produção científica do Instituto. “Acredito que o evento cumpriu o seu propósito de mostrar os resultados das pesquisas desenvolvidas nos diferentes câmpus. Além disso, este foi um ano de extrema importância para a pós-graduação, pois atingimos um total de 28 cursos. Por isso realizamos também um encontro com os coordenadores desses cursos para discutir políticas para a pós-graduação.” 

De acordo com a comissão organizadora, os certificados de avaliadores e autores de trabalhos estarão disponíveis a partir desta sexta-feira (14) no site do evento: http://conict.ifsp.edu.br/

 Clique aqui e acesse mais fotos do 3º dia do Conict.

 

Veja também:

 

Conict: Alunos do IFSP apresentam pesquisas de iniciação científica e tecnológica

 

IFSP realiza a partir de hoje o seu 9º Congresso de Inovação, Ciência e Tecnologia

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página