Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo
FacebookTwitterYoutube

Alunos são avaliados com nota máxima no Enade

O Ministério da Educação divulgou, na semana passada, a lista com os indicadores de qualidade da educação superior do ano de 2011, com instituições de ensino superior de todo o país.

O IFSP obteve nota 4 no Índice Geral de Cursos (IGC) – a nota máxima é 5.

Segundo o MEC, o IGC é construído com base em uma média ponderada das notas dos cursos de graduação e pós-graduação de cada instituição e retrata o desempenho das instituições de ensino superior. Neste indicador, o IFSP é o 7º colocado entre os 34 Institutos Federais avaliados no Brasil, em 2011.

Em todo o Brasil, foram avaliados em 2011, 8.665 cursos das áreas de engenharias, ciências exatas e licenciaturas, bem como os cursos dos eixos tecnológicos de controle e processos industriais, informação e comunicação, infraestrutura e produção industrial, pertencentes a 1.387 instituições de ensino superior.

Resultados do Enade

Entre os índices que fazem parte do IGC, está o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), que avalia o rendimento dos alunos dos cursos de graduação, ingressantes e concluintes, em relação aos conteúdos programáticos dos cursos em que estão matriculados.

A boa colocação do IFSP nos indicadores de qualidade da educação se deu, principalmente, devido às altas notas obtidas pelos estudantes que participaram do Enade. Os alunos de 19 cursos foram submetidos à avaliação nos Campi São Carlos, Salto, Bragança Paulista, Guarulhos, São Paulo, Sertãozinho e Cubatão (veja tabela abaixo). Os estudantes de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas do Campus Guarulhos foram os melhores colocados entre todas as instituições públicas de ensino superior do Brasil.

Já os alunos do Campus Sertãozinho de Tecnologia em Automação Industrial, obtiveram a segunda melhor nota e os estudantes de Tecnologia em Fabricação Mecânica, a quinta melhor colocação do país.

De acordo com os dados divulgados, os alunos do curso de Tecnologia em Automação Industrial obtiveram a segunda melhor nota e os estudantes de Tecnologia em Fabricação Mecânica, a quinta melhor colocação do país. Ainda na capital, os cursos de Licenciatura em Geografia e Tecnologia em Construção de Edifícios foram avaliados como o quarto melhor entre instituições públicas do Brasil. Já a Engenharia de Controle e Automação é o quinto melhor curso.

Os 19 cursos do IFSP avaliados pelo MEC ficaram com nota maior que 3. Segundo a diretora de Graduação da pró-reitoria de Ensino, Martha Godinho, todos ficaram acima da média nacional. “Os índices que compõem os indicadores de qualidade do ensino superior mostram que estamos no caminho certo”, afirma.

Martha destaca que as boas notas foram atingidas durante o processo de rápida expansão pelo qual o IFSP passa. “Ganhamos o status de universidade no final de 2008, quando começamos a ampliar a oferta de cursos superiores. Ainda temos muitos desafios a enfrentar até que todos os cursos atinjam a nota máxima”, analisa.

Para a diretora de Graduação, os indicadores são expressivos para a Instituição e, principalmente, para os estudantes. “É um resultado imediato para os alunos, pois mostra o que eles aprenderam. A nota é apenas a consequência de um trabalho global realizado pelos docentes que busca oferecer a formação completa para o aluno”, finaliza.

Os índices alcançados pelos campi do IFSP também mostram que a Instituição está levando ensino público de qualidade para o interior de São Paulo. Hoje, são 27 campi e 19 polos de educação a distância em todo o estado.

Para saber mais sobre os cursos, consulte a página do Emec.

Campus

Curso

Nota Enade

Bragança Paulista

Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

3

Cubatão

Tecnologia em Automação Industrial

3

Guarulhos

Licenciatura em Matemática

5

Guarulhos

Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

5

Salto

Tecnologia em Gestão da Produção Industrial

5

Salto

Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

4

São Carlos

Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

4

São Paulo

Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

4

São Paulo

Tecnologia em Automação Industrial

4

São Paulo

Tecnologia em Construção de Edifícios

4

São Paulo

Tecnologia em Gestão da Produção Industrial

5

São Paulo

Licenciatura em Matemática

4

São Paulo

Licenciatura em Física

3

São Paulo

Licenciatura em Química

4

São Paulo

Licenciatura em Geografia

5

São Paulo

Engenharia de Controle e Automação

4

Sertãozinho

Tecnologia em Automação Industrial

5

Sertãozinho

Tecnologia em Fabricação Mecânica

3

Sertãozinho

Licenciatura em Química

3

Indicadores

Os indicadores de qualidade do ensino superior levam em conta o Índice Geral de Cursos (IGC), além do Conceito Preliminar de Curso (CPC). O cálculo do IGC inclui a média ponderada dos conceitos preliminares de curso e os conceitos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), responsável por avaliar os programas de pós-graduação das instituições.

Já o CPC avalia o rendimento dos alunos, infraestrutura e corpo docente. Na nota do CPC, o desempenho dos estudantes conta 55% do total, enquanto a infraestrutura representa 15% da nota e o corpo docente, 30%. Na nota dos docentes, a quantidade de mestres pesa 15% do total, já dedicação integral e doutores representam 7,5% (cada) da nota.

O IGC 2011 avaliou 2.136 universidades, faculdades e centros universitários. Desse total, 50,6% tiveram conceito 3, considerado satisfatório. Dados divulgados pelo Ministério da Educação mostram ainda que 27% das instituições de ensino superior brasileiras tiveram conceito insuficiente no IGC em 2011.

O resultado do CPC 2011 considerou 4.403 universidades – sendo 2.642 públicas e 1.761 privadas – além de 2.245 faculdades e 928 centros universitários. Atualmente, 53,9% das matrículas do ensino superior estão nas universidades, 30,9% nas faculdades e 13,7% nos centros universitários.

Com informações do Ministério da Educação

 

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo
Rua Pedro Vicente, 625 - Canindé - São Paulo - SP - Brasil - Cep: 01109-010

Movido à Joomla!