Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Cinedebate live discute o curta Para onde foram as andorinhas?

Produção foi vencedora do Prêmio Refúgios e Mudanças no Festival Entretodos de Direitos Humanos, em 2016

  • Publicado: Quarta, 27 de Maio de 2020, 15h47
  • Última atualização em Segunda, 01 de Junho de 2020, 09h24

A sétima sessão do Cinedebate live, que será realizada nesta sexta-feira (29), às 18h30, terá como tema o filme Para onde foram as andorinhas?, da diretora Mari Corrêa. O curta venceu o Prêmio Refúgios e Mudanças, no Festival Entretodos de Direitos Humanos, em 2016.

O debate terá tradução simultânea em libras, que será realizada pelos servidores Pérola Juliana de Abreu Medeiros, do Câmpus Guarulhos e Lucas Delbello, de Campos do Jordão. A professora Aline Kapp, de Barretos, fará a apresentação da live.

O filme aborda a temática das mudanças climáticas e tem como protagonistas os índios Xingu. Confira a sinopse: o clima está mudando, o calor aumentando. Os índios do Xingu observam os sinais que estão por toda parte. Árvores não florescem mais, o fogo se alastra queimando a floresta, cigarras não cantam mais anunciando a chuva porque o calor cozinhou seus ovos. Os frutos da roça estão se estragando antes de crescer. Ao olhar os efeitos devastadores dessas mudanças, eles se perguntam como será o futuro de seus netos.

Lembrando que  o filme não é exibido na hora do debate, então quem ainda não assistiu e deseja participar das discussões pode acessá-lo antes no link disponível aqui. O Cinedebate Live será exibido pelo  canal do IFSP no YouTube. 

Sobre o Cinedebate Live

A pró-reitoria de Extensão do  IFSP (PRX) está promovendo um  bate-papo virtual com diretores de curtas e longas-metragens, por meio do Cinedebate Live. As conversas acontecem todas as sextas, às 18h30, A cada semana um professor do IFSP será convidado para a presentar a live.

De acordo com Priscila Aquino, coordenadora de ações socioculturais da PRX, a atividade tem o objetivo de aproximar os estudantes do IFSP das atividades de audiovisual que a pró-reitoria vem promovendo desde 2017, em parceria com o Festival Entretodos. Ela ressaltou que este período de quarentena é um momento propício para se discutir filmes e abrir diálogos, já que as obras audiovisuais estão sendo tão procuradas nesses dias de isolamento.

Segundo Priscila, o Cinedebate Live também pode colaborar com os estudantes e servidores que queiram submeter curtas para o II Festival de Curtas-metragens de Cidadania e Diretos Humanos do IFSP, que está com inscrições abertas até 22 de junho.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página