Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Comitê de Ética em Pesquisa empossa novos membros

  • Publicado: Quinta, 14 de Fevereiro de 2019, 10h08
  • Última atualização em Quinta, 14 de Fevereiro de 2019, 10h24

Seis novos membros foram empossados no Comitê de Ética em Pesquisa (CEP) do IFSP e passaram por capacitação nesta terça e quarta-feira, 12 e 13 de fevereiro. Em 2018, o CEP apreciou 202 projetos. O desafio do grupo é manter a qualidade e a agilidade das avaliações, visto que o número de trabalhos recebidos tem aumentado anualmente.

Ao ministrar uma aula sobre legislação aos novos membros do Comitê, o professor Thomas Edson Filgueiras Filho, ex-coordenador do grupo, explicou que todas as pesquisas que envolvem seres humanos devem ser submetidas à apreciação do CEP da Instituição, desde os trabalhos de iniciação científica à pós-graduação. O objetivo do CEP é verificar se os direitos dos participantes de pesquisas estão sendo respeitados.

No que diz respeito ao tempo legal para análise da proposta submetida ao CEP, Thomas explica que o prazo é de 30 dias, mas o Comitê do IFSP tem conseguido responder num período ainda menor. Além das pesquisas desenvolvidas em todos os seus câmpus, o Instituto recebe pesquisas de outras instituições de ensino que não possuem o Comitê de Ética instituído. Dessa maneira, o maior desafio para o grupo em 2019 é manter a qualidade da avaliação dos projetos e a agilidade na resposta, para que as pesquisas não sejam prejudicadas.

Thomas afirma, ainda, que as pesquisas têm aumentado no IFSP, e consequentemente, as submissões ao CEP. Em 2018, o Comitê apreciou 202 projetos de pesquisa. “Precisamos trabalhar sem sobrecarregar também os membros do Comitê, uma vez que eles mantêm todas suas atividades na Instituição e acumulam o trabalho no CEP.”

Para a atual coordenadora do CEP da Instituição, Camila Collpy Gonzalez Fernandez, a existência do Comitê demonstra a seriedade dos trabalhos desenvolvidos dentro do IFSP. Segundo ela, há na instituição a preocupação com o ser humano e com os possíveis impactos que as pesquisas que os envolvem podem causar nas comunidades envolvidas. “O trabalho do CEP protege o pesquisador e o pesquisado”, diz.

Novos membros

Os membros do Comitê de Ética em Pesquisa do IFSP são eleitos para mandatos de três anos. Anualmente, parte do grupo é renovado. Dois membros são externos ao IFSP, representando os usuários do comitê.

Foram empossados, na última terça-feira, os membros externos Alex André Vargem e Elisa Akiko Nakano Takahashi,  e os docentes do IFSP Estela Rosseto de Souza e Fernanda Carvalho Humann (Ciências Biológicas), Graziela Marchi Tiago e José Francisco Buda (Ciências Exatas e da Terra), Josilda Maria Belther e Rosycler Cristina Santos Simão (Ciências Humanas) e Victor Barbosa Ribeiro e Paulo Roberto Barbosa (Multidisciplinar).

Deixaram o comitê os docentes Janice Peixer, Robson Barbosa, Suzana Campana Peleteiro, Thalita Biazzuz Veronese, Valter Cesar Montanher e Marcio Yuji Matsumoto.

O professor de Educação Física do Câmpus Jacareí do IFSP Victor Barbosa Ribeiro é um dos novos membros empossados para avaliação multidisciplinar. Ele conta que desde a graduação é envolvido com pesquisa. “Como gosto muito, acho que posso contribuir com outros pesquisadores, orientando alunos e estimulando o processo de submissão das pesquisas junto à Plataforma Brasil”, analisa. Victor lembra que é necessário desenvolver a pesquisa dentro das normas éticas e que hoje as principais revistas científicas cobram a aprovação da pesquisa junto ao Comitê de Ética para publicação.

Novidade

Para que um projeto de pesquisa passe pela apreciação do CEP, é preciso cadastrá-lo na Plataforma Brasil.

Desde 2018, o CEP vem realizando oficinas e capacitações sobre como utilizar a Plataforma. A partir de 2019, os membros do Comitê também passam a dar plantão para ajudar os alunos e docentes a cadastrarem seus trabalhos na Plataforma. Os interessados podem procurar um dos membros do Comitê em seu câmpus.

Dúvidas sobre o CEP podem tiradas pelo telefone (11) 3775-4665, das 14h às 20h, ou enviadas para o e-mail

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página