Ir direto para menu de acessibilidade.

Opções de acessibilidade

ptenfrites
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Aluna do IFSP publica e-book sobre acessibilidade

Livro digital aborda a importância do pensar em inclusão ao trabalhar com desenvolvimento para web 

  • Publicado: Sexta, 27 de Novembro de 2020, 17h12
  • Última atualização em Sexta, 04 de Dezembro de 2020, 14h34

A estudante Raíssa Sabino Cunha, do 1º ano do curso superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas e egressa do curso Técnico em Informática do Câmpus Votuporanga, publicou o e-book intitulado "Introdução à Acessibilidade na Web para Desenvolvedores: pequenas mudanças que fazem diferença na navegação de pessoas com Deficiência Visual".

O Livro virtual é fruto de projeto do Programa Institucional de Voluntário de Iniciação Científica e/ou Tecnológica (PIVICT), orientado pela professora Luciene Cavalcanti Rodrigues, e tem o objetivo de divulgar a importância do pensar em inclusão ao trabalhar com desenvolvimento para Web.

No material podem ser encontrados conceitos e dicas necessárias para começar a compreender e aplicar acessibilidade em conteúdos desenvolvidos para internet, expondo os principais problemas relatados por deficientes visuais e explicações acerca das diretrizes existentes, além de direcionamentos para quem busca se aprofundar.

Raíssa contou que quando ainda cursava o técnico em informática notou a ausência de aulas e de materiais sobre acessibilidade no meio digital e se deu conta de que sabia pouco sobre um assunto que considera muito importante. “Resolvi aproveitar o meu tempo livre para montar um guia inicial para alguém que, como eu, quer desenvolver conteúdos acessíveis e não sabe por onde começar ou tem pouco tempo para realizar pesquisas.”

A estudante e a professora Luciene decidiram focar na deficiência visual por ser, segundo elas, a mais presente na população e a que mais sofre com a ausência de acessibilidade na internet, tendo em vista que a maioria das páginas são estruturadas pensando somente na interação visual.

Ainda de acordo com Raíssa, durante o desenvolvimento do projeto veio a pandemia de Covid-19, e o mundo passou a ser mais digital do que nunca, mostrando ainda mais a importância do tema. Foi então que a estudante começou a conversar com diversas pessoas com deficiência visual, por meio das redes sociais, e fez o levantamento das principais dificuldades que elas encontram e como foram agravadas nesse período no período da pandemia.

A autora do e-book  afirmou que, apesar da existência da Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência, que torna obrigatória a acessibilidade nos sítios da internet mantidos por empresas com sede ou representação comercial no país, todos os entrevistados relataram enfrentar dificuldades no meio digital devido à falta de acessibilidade de sites e softwares. Paralelamente às entrevistas com os usuários, foi realizado um questionário com desenvolvedores que se mostraram interessados no tema; entretanto, eles afirmaram ter pouco conhecimento sobre o assunto, revelando que, além de saber a importância da acessibilidade, é necessário saber como aplicá-la.

Segundo Raíssa, o desenvolvimento e o resultado do projeto foram gratificantes. “Obtive muitos conhecimentos e espero que esse e-book seja útil para as pessoas. Mesmo sendo um material introdutório, é de suma importância para que consigamos ter um mundo mais justo e igualitário na internet, para que os usuários sejam capazes de acessar conteúdos e serviços pelos quais se interessarem”, contou.

O trabalho da Raíssa e da professora Luciene será apresentado na 11ª edição do Congresso de Inovação, Ciência e Tecnologia do IFSP (Conict), que ocorrerá de forma virtual entre os dias 8 e 10 de dezembro, e no Latin.Science 2020.

registrado em:
Fim do conteúdo da página