Ir direto para menu de acessibilidade.

Opções de acessibilidade

ptenfrites
Início do conteúdo da página

Servidoras do IFSP participam de livro sobre Educação Profissional

Publicado: Sexta, 22 de Janeiro de 2021, 12h00 | Última atualização em Terça, 26 de Janeiro de 2021, 11h43

Obra apresenta coletânea de trabalhos de pesquisadores que atuam no GEPEMHEP

As servidoras Alba Fernanda Oliveira Brito e Fernanda Ferreira Boschini, do Câmpus São Paulo, e Martha Todeschini, da Pró-reitoria de Ensino (PRE), fazem parte do grupo de pesquisadores representantes do IFSP que participam da publicação do livro “Narrativas de Currículos, da Arquitetura Escolar aos seus Artefatos”, publicado em 2020. A obra apresenta uma coletânea de trabalhos dos professores-pesquisadores que atuam no Grupo de Estudos e Pesquisas em Memórias e História da Educação Profissional (GEPEMHEP), do Centro Paula Sousa, e Centros de Memórias de outras instituições que pesquisam sobre história da educação profissional e tecnológica.

No livro estão publicadas as palestras apresentadas no evento presencial "Jornada do Patrimônio Cultural e Tecnológico da Educação Profissional: narrativas de currículos, da arquitetura escolar aos seus artefatos", entre 9 e 10 de novembro de 2017, no Centro Paula Sousa, em São Paulo. A publicação abrange os seguintes eixos temáticos: Currículos, disciplinas, práticas escolares e pedagógicas na história da educação profissional; História oral sobre currículos, espaços e artefatos institucionais da educação profissional; e História da profissão docente: formação, currículo e cultura escolar.

O capítulo intitulado “A Arquitetura da Escola Técnica Federal de São Paulo: os modos de pensar e fazer o Ensino Profissional" foi escrito pelas servidoras Alba Fernanda Oliveira Brito e Fernanda Ferreira Boschini. Segundo elas, a narrativa no campo da história oral foi cedida pelo servidor aposentado Rubens José Ciasca, da área de Construção Civil do Campus São Paulo e conta o processo arquitetônico e de engenharia para a construção do prédio escolar, onde está localizado o Câmpus São Paulo e a reitoria, na Rua Pedro Vicente, Canindé, São Paulo.

De acordo com Alba, desde 2016, com a reorganização do acervo memorial do IFSP, ela e Fernanda vêm realizando pesquisas acadêmicas relacionadas à história da Educação Profissional e Tecnológica. Segundo ela, o acervo acondicionado no IFSP, em diferentes suportes documentais, tem possibilitado aos pesquisadores acesso às fontes documentais primárias que dão conta da história da Instituição e dos estudos relativos à história da educação brasileira.

Alba conta que o IFSP tem uma rica história que precisa ser escrita e difundida, para que todos possam conhecer o legado que o Instituto tem construído em São Paulo. Para Fernanda Boschini, é necessário e urgente difundir a pesquisa acadêmica produzida pelo IFSP em parceria com outras instituições de educação profissional e tecnológica.

Martha Todeschini, servidora da PRE, é autora do capítulo “Aprígio Gonzaga e o slojd paulista: um projeto de ensino para a formação do trabalhador paulista”. O Texto trata da trajetória de vida do professor normalista Aprígio de Almeida Gonzaga, diretor da Escola Profissional Masculina da Capital desde a sua criação em 1911 até o ano de 1934. 

Segundo ela, a leitura do texto mostra-se relevante para a compreensão das ideias e das relações sociais que pautaram a presença de um normalista preocupado com um ensino primário articulado com o ensino profissional para a formação do novo trabalhador republicano pautado no trabalho, no civismo, e na construção da república.

“O texto apresenta também Aprígio de Almeida Gonzaga como o criador de um sistema de ensino que articulando o trabalho manual iniciado no ensino primário - sem finalidade profissional, mas sempre utilitário – culminava com o ensino profissional – francamente profissional, o SLOJD PAULISTA”, contou Martha.

O capítulo escrito por Todeschini é parte da Tese apresentada por ela na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, em julho de 2016.

Acesse o livro Narrativas de Currículos, da Arquitetura Escolar aos seus Artefatos clicando aqui. Essa e outras obras do gênero estão disponíveis no site Memórias e História da Educação Profissional, do Centro Paula Sousa.

Fim do conteúdo da página