Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

IFSP tem quatro projetos premiados na 18ª edição da Febrace

Projeto do Câmpus Suzano foi considerado o melhor de SP em todas as categorias; dois projetos do Câmpus Campinas e um de Registro também foram premiados

  • Publicado: Segunda, 06 de Abril de 2020, 18h57
  • Última atualização em Segunda, 13 de Abril de 2020, 10h40

Neste ano, a Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace) chegou à sua 18ª edição tendo que se reinventar. Devido aos riscos advindos da pandemia causada pelo Coronavírus, as avaliações foram realizadas virtualmente. Entre os dias 23 de março e 4 de abril, 761 estudantes dos ensinos fundamental, médio e técnico, de 295 instituições de ensino de todo o país, apresentaram 345 projetos finalistas. Entre esses, estavam projetos de sete câmpus do IFSP, dos quais três foram premiados.

O projeto “Crise dos antibióticos: bacteriocinas do soro de leite de vaca fermentado por grãos de kefir. Uma possível solução?", do Câmpus Suzano, foi um dos maiores destaques da Feira, sendo considerado o melhor do estado de São Paulo em todas as categorias. A pesquisa busca uma solução para oferecer uma alternativa barata, natural e eficaz para combater enfermidades a partir do uso das bacteriocinas presentes no kefir, produzido com o soro do leite de vaca, a partir de seu potencial antibiótico.

O projeto é desenvolvido pelas estudantes Samara Rossi de Barros Almeida e Sophia Rossi de Barros Almeida, egressas do Curso Técnico em Química Integrado ao Ensino Médio, sob orientação das professoras Maria Raquel Manhani, Débora Higuchi e Fernanda Cristina P. F. Sales. As pesquisadoras foram premiadas na classificação geral (premiação do 1º ao 4º lugar), dentro da categoria Ciências Biológicas, e garantiram vaga para participar do evento científico INFOMATRIX BRASIL, previsto para acontecer ainda este ano em Santa Catarina.

Sophia e Samara Rossi são irmãs gêmeas e concluíram o curso técnico no IFSP em 2019, quando foram aprovadas no Enem para o Bacharelado em Ciência e Tecnologia da UFABC. Para elas, a possibilidade de atuar em pesquisa é algo engrandecedor. “O IFSP foi essencial para chegarmos tão longe! Tivemos a sorte de ter no Câmpus Suzano bons professores nos apoiando, laboratórios e materiais para levar os estudos adiante”, explicaram.

Confira aqui mais informações a respeito do projeto.

 

 

Premiação dupla no Câmpus Campinas

No Câmpus Campinas, duas pesquisas de Iniciação Científica foram premiadas. O projeto “Controle eletrônico para um sistema de circulação de água fechada para tratamento de lesões sofridas por impacto utilizando célula de Peltier” conseguiu a primeira colocação na categoria Engenharia e mais um prêmio de destaque da Associação dos Engenheiros Politécnicos. A pesquisa é desenvolvida pelos alunos Vinícius dos Santos Ribeiro, Victor Hugo Sijanas Mendes e Antônio César de Souza Rocha, todos do 3° ano do curso Técnico em Eletrônica Integrado ao Ensino Médio.

Confira aqui mais informações a respeito desse projeto.

 

 

O outro projeto premiado do Câmpus Campinas foi o “Totalizador de pessoas em recinto fechado com monitoramento remoto na nuvem”, desenvolvido pelo aluno Luiz Gustavo Xavier Tito, do 4° ano do curso Técnico em Eletrônica Integrado ao Ensino Médio. Este recebeu o Prêmio Oracle de Tecnologia. Os dois projetos foram orientados pelos professores Edson Anício Duarte e João Alexandre Bortoloti.

Confira aqui mais informações a respeito desse projeto.

 

Segundo o professor Edson Duarte, essa premiação representa a excelência dos projetos que são desenvolvidos pelos alunos do IFSP e é um incentivo para que mais estudantes comecem a se envolver com atividades de Iniciação Científica. O aluno Victor Sijanas comentou que os prêmios foram resultado de muito esforço da equipe. “Quando recebemos a notícia de que a feira aconteceria virtualmente, não deixamos de treinar. Apresentamos, dia após dia, para descobrir qual a melhor dinâmica de apresentação virtual. Agradecemos muito a todos aqueles que nos apoiaram e aos que se esforçaram para fazer essa feira acontecer, mesmo nas condições atuais”.

Para o aluno Luiz Gustavo, participar da Febrace 2020 foi uma experiência incrível, mesmo não sendo presencial. “Conhecer projetos e professores do país inteiro em uma das maiores feiras do Brasil me fez evoluir muito profissionalmente e pessoalmente. Além de dar mais visibilidade para os trabalhos desenvolvidos em redes federais de ensino”, contou.

 

 Câmpus Registro

O projeto “Grandes Mulheres da África”, do Câmpus Registro, foi premiado pela Associação Brasileira de Incentivo à Tecnologia e Ciência (ABRITEC) na categoria ABRITEC – EICCIE, na qual os contemplados receberão credenciais para a participação no EICCIE - Encuentro Internacional Colombista de Ciencia, Inovacion y Empreendimiento, que acontecerá em 2021, na cidade de Valledupar, na Colômbia.

A pesquisa é de autoria de Ligia Santos de Oliveira, aluna egressa do curso Técnico em Logística Integrado ao Ensino Médio, sob a orientação dos servidores Técnicos em Assuntos Educacionais André Santos Luigi e Iamara de Almeida Nepomuceno. O orientador contou que a premiação do trabalho de uma aluna negra sobre ensino de História da África que aborda questões de gênero sobre mulheres negras é muito significativa. Segundo Luigi, esse reconhecimento também incentiva os alunos a participarem da Feira de Ciências do Câmpus, a FECIVALE, da qual os vencedores são indicados para a Febrace.

Confira aqui mais informações a respeito desse projeto.

 

 

Outros projetos do IFSP que foram finalistas da Febrace

As aranhas do câmpus: Estudo da comunidade, Educação Ambiental e conservação das aranhas do IFSP – Câmpus Hortolândia

Alunos: Vivian Ayumi Bueno Takahashi, Vitor Henrique Massera, Isabela Zanchetta Rosada/ Orientadora: Luciana de Jesus Jatoba.

Depressão: Um transtorno biopsicossocial - Câmpus Registro

Aluna: Maraiza Nayara Mancio/ Orientador:Marcelo Bastos Lima.

Energia de vibração emocional para o auxílio na comunicação das pessoas com deficiência visual ou cegueira - Câmpus Guarulhos

Alunos: Nathalia Assunção das Chagas, João Pedro Gomes de Almeida/ Orientador: Robson Ferreira Lopes.

GREENDATA – Câmpus Salto

Alunos: Gabriel Augusto Bertolino Gomes, João Victor Araujo Corrêa, Gabriel Caleffo Soares Ricardo/ Orientador: Felipe Antonio Moura Miranda.

REPET - Sistema de reciclagem de garrafas PET baseado em cashback - Câmpus Salto

 Alunos: Letícia Miranda da Costa, Rafael Rodrigues Moreira, Lucas Xarelli/ Orientadores: Uesclei Costa e Érico Pessoa Felix .

Sistema de leitura de textos simples para cegos baseado em ferramentas de cloud computing- Câmpus Sertãozinho

Alunos: Beatriz Cardoso de Oliveira, Eduardo Augusto Ferranti/ Orientadores: André Luís Dias e Afonso Celso Turcato.

 Confira aqui todos os finalistas e premiados da Febrace

registrado em:
Fim do conteúdo da página