Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Projeto do IFSP é selecionado em edital de AgroResidência do Mapa

Iniciativa desenvolverá atividades voltadas à qualificação técnica de estudantes e recém-egressos

  • Publicado: Quarta, 07 de Outubro de 2020, 17h25
  • Última atualização em Quinta, 08 de Outubro de 2020, 09h45

Um projeto do IFSP foi selecionado no primeiro Edital de Chamamento Público do AgroResidência — Programa de Residência Profissional Agrícola — do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). O resultado final da seleção foi divulgado na última segunda-feira (5). Ao todo, 75 projetos de universidades e Institutos Federais do país serão financiados para que desenvolvam atividades voltadas à qualificação técnica de estudantes e recém-egressos dos cursos de ciências agrárias e afins.

O projeto do Instituto Federal de São Paulo que receberá o financiamento do Mapa é denominado “Capacitação e treinamento de estudantes e alunos egressos do IFSP da área de Agrárias em produção e comercialização de produtos locais, agroecológicos e orgânicos gerando e adaptando tecnologias para a região sudeste do Brasil, valorizando os circuitos curtos de produção e consumo e redesenho da cadeia produtiva”. A iniciativa é coordenada pela professora Maria Cristina Marques, do Câmpus Avaré.

De acordo com a professora, o objetivo maior do projeto é proporcionar a vivência técnica em ambiente real aos alunos contemplados, onde eles poderão acompanhar diariamente atividades agrícolas agroecológicas, auxiliar no que for preciso e compreender a importância da produção orgânica na segurança alimentar dos consumidores. Segundo Cristina, serão beneficiados três alunos egressos do curso de Técnico Integrado em Agroindústria e três alunos egressos dos cursos de Tecnologia em Agronegócio e Licenciatura em Ciências Biológicas, do Câmpus Avaré.

Por meio do financiamento recebido pelo projeto, os alunos do curso técnico integrado receberão uma bolsa no valor de R$ 900 e para alunos do curso superior a bolsa será de R$ 1.200. A carga horária de trabalho dos residentes será de 40 horas semanais. Os estudantes e recém-egressos serão selecionados por meio de edital, que deve ser lançado pelo câmpus em novembro. As atividades têm inicio previsto para o mês de fevereiro.

Segundo Cristina, a parceria do IFSP com a Associação Orgânicos Avaré (AOA) e a Coordenadoria de Desenvolvimento Rural Sustentável (CDRS) foram fundamentais para a aprovação do projeto. A professora afirmou que participar do AgroRedidência  será uma oportunidade única para a capacitação profissional dos alunos do Instituto e que dará incentivo para que os estudantes participem em outras edições deste edital, o qual, segundo ela,  deveria tornar-se uma política pública de incentivo a novos profissionais numa área que só cresce no Brasil, que é a agropecuária.

 Clique aqui para saber mais sobre o edital do AgroResidência

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página