Ir direto para menu de acessibilidade.

Opções de acessibilidade

ptenfrites
Página inicial > Últimas Notícias > IFSP tem projeto aprovado em edital de Iniciação Tecnológica
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

IFSP tem projeto aprovado em edital de Iniciação Tecnológica

Projeto de Iniciação Tecnológica relacionado à Economia 4.0 foi contemplado

  • Publicado: Terça, 03 de Novembro de 2020, 21h17
  • Última atualização em Sexta, 06 de Novembro de 2020, 09h53

O projeto proposto pelo professor Carlos Henrique da Silva Santos, do Câmpus Itapetininga, foi contemplado pelo Edital IFES nº 03/2020 - Apoio à Iniciação Tecnológica com foco na Economia 4.0. A proposta pode receber até R$ 123 mil para utilização com bolsas de pesquisa e infraestrutura.

O projeto selecionado “Vamos Aprender Matemática com a Mão no Hardware: Metodologias Ativas de Aprendizagem Baseadas em Pensamento Computacional para Motivar o Aprendizado de Conceitos Matemáticos Elementares”, concorreu com 214 trabalhos inscritos por toda a Rede Federal.

Ante de ser submetido ao edital do IF do Espírito Santo, o projeto fez parte das duas propostas pré-selecionadas por meio do Edital nº 218/2020, organizado pela Agência de Inovação do IFSP (Inova), em conjunto com as Pró-reitorias de Extensão e de Pesquisa e Pós-Graduação.

Conheça o projeto:

Vamos Aprender Matemática com a Mão no Hardware: Metodologias Ativas de Aprendizagem Baseadas em Pensamento Computacional para Motivar o Aprendizado de Conceitos Matemáticos Elementares

Coordenador: Carlos Henrique da Silva Santos

No Câmpus Itapetininga, tanto nos cursos de Licenciatura em Matemática quanto nos cursos técnico concomitante e integrado em Informática, há práticas de ensino baseadas em metodologias ativas de aprendizagem com experiências aprendizado baseado em projeto e problema, sala de aula invertida, aprendizado em pares e algumas combinadas com modelos de ensino híbrido com rotação por estações, aprendizado “à la carte” e “blended learning” ao misturar práticas em sala com outras executadas por meio de ferramentas na Internet que auxiliam no processo de ensino-aprendizagem.

Partindo dessa experiência a proposta propõe elaborar conteúdos, práticas e acompanhar o processo de ensino-aprendizagem de Matemática por metodologias ativas, associando à conceitos de pensamento computacional para auxiliar os alunos a visualizarem a aplicação dessas teorias. Assim, tem se uma pesquisa tecnológica aplicada ao ensino, visando aplicar construir baseada em metodologias e modelos de ensino em voga, mas pouco explorados no cotidiano escolar. Contudo, com essas experiências e com a parceria das instituições de ensino, intenta-se elaborar cursos EaD baseados nas práticas ocorridas e demonstrando com exemplos em sala os resultados. Para isso, são planejadas ações inclusivas e baseadas em projetos para que os alunos intentem por construir recursos baseados em eletrônica aberta e que possa ter aplicações práticas no cotidiano deles como, por exemplo, um projeto de automação residencial com etapas em controle de portão elétrico e até o acionamento de lâmpadas via celular.

registrado em:
Fim do conteúdo da página