Ir direto para menu de acessibilidade.

Opções de acessibilidade

ptenfrites
Página inicial > Últimas Notícias > Cinedebate apresenta os curtas ‘Vozes’ e ‘Pêndulo” nesta quinta
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Cinedebate apresenta os curtas ‘Vozes’ e ‘Pêndulo” nesta quinta

A live acontece, excepcionalmente, na quinta (5), às 18h30, com a participação das diretoras dos curtas

  • Publicado: Quarta, 04 de Novembro de 2020, 17h42
  • Última atualização em Sexta, 06 de Novembro de 2020, 09h51

Será realizada nesta quinta-feira (5), às 18h30, a 18ª sessão do Cinedebate live. As convidadas desta semana são a diretora do curta “Vozes”, Quenia Dias de Mello, estudante do Câmpus Presidente Epitácio e a diretora da curta “Pêndulo”, Anna Beatriz da Silva Garcia, estudante do Câmpus São Miguel Paulista. Elas falarão sobre suas obras, “Vozes” é um videopoema que traz à tona enfrentamentos e realidades vividas por pessoas que sofrem preconceitos e lutam por dias melhores, a obra “Pêndulo” trata dos sentimentos de medo, insegurança, angústia e incertezas que o atual contexto de isolamento social impõe e também os limites, possibilidades e esperança e a busca por um eixo.

 A mediadora da live será a professora do Câmpus Capivari, Luciana Lima Batista. Vale lembrar que o filme não é exibido na hora do debate, então quem ainda não assistiu e deseja participar das discussões pode acessá-lo antes nos link disponível aqui. O Cinedebate Live será exibido pelo canal do IFSP no YouTube.

Sobre o Cinedebate Live

A pró-reitoria de Extensão do IFSP (PRX) está promovendo um bate-papo virtual com diretores de curtas e longas-metragens, por meio do Cinedebate Live. As conversas acontecem todas as sextas, às 18h30. A cada semana um professor do IFSP será convidado para apresentar a live.

De acordo com Priscila Aquino, coordenadora de ações socioculturais da PRX, a atividade tem o objetivo de aproximar os estudantes do IFSP das atividades de audiovisual que a pró-reitoria vem promovendo desde 2017, em parceria com o Festival Entretodos. Ela ressalta que este período de quarentena é um momento propício para discutir filmes e abrir diálogos, já que as obras audiovisuais estão sendo tão procuradas nestes dias de isolamento.

registrado em:
Fim do conteúdo da página