Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

IFSP entrega duas mil face shields para o Hospital do Campo Limpo

Os mais de 2.300 servidores do hospital contavam com apenas 200 protetores faciais

  • Publicado: Quinta, 28 de Maio de 2020, 11h33
  • Última atualização em Sexta, 29 de Maio de 2020, 12h10

O IFSP entregou, na última terça-feira, 26, dois mil protetores faciais (face shields) para os profissionais do Hospital Municipal de Campo Limpo (Fernando Mauro Pires da Rocha), na capital paulista.

Os mais de 2.300 servidores do local, entre médicos, enfermeiros e responsáveis pela limpeza, haviam recebido, até então, apenas 200 equipamentos de proteção. Alexandre Chahad, diretor executivo da Agência Inova IFSP, conta que a direção da própria unidade de saúde entrou em contato com o Instituto Federal. “A doação foi fundamental, pois eles não tinham face shields para os servidores. Ficaram muito agradecidos e pediram a doação de álcool gel 70º.”

A ação foi idealizada pela Inova e pelo Câmpus São Paulo e contou com o trabalho dos servidores do IFSP Rodrigo Delphino, Simone Delphino, Cíntia Gonçalves, Leonardo Mendes, Giulia Perini, Alexandre Chahad, Breno Santos e Marcos Amorielle Furini.

Assim como nas demais ações, a produção e doação desses equipamentos de proteção individual contou com a parceria da iniciativa privada. O suporte dos protetores foi doado pela Ferramentaria Reis e pela Poloni Indústria Termoplástica. As viseiras foram compradas pelo IFSP e processadas gratuitamente pela gráfica Printi.

O processo de compra dos materiais pelo IFSP é realizado pelo grupo de trabalho para aquisições de insumos e equipamentos para combate à Covid-19, criado pela Portaria nº 1.318/2000 e formado por servidores ligados à pró-reitoria de Administração, tanto da reitoria quanto dos câmpus. “Sem o trabalho desses servidores, nada acontece”, destaca Chahad, ao apontar os servidores José Roberto, Fernanda Amorim e Jade Schevenin.

Álcool gel

O IFSP aguarda o recebimento de um ofício do Hospital do Campo Limpo informando a quantidade necessária de álcool gel para providenciar a doação. “Como temos os câmpus próximos da capital produzindo o álcool gel, estamos aguardando apenas o levantamento dos profissionais da saúde que estão avaliando a quantidade necessária, mas vamos atendê-los sim”, informa Chahad. Segundo ele, já foram produzidos mais de 50 mil litros de álcool gel pelo IFSP.

Comitê de crise

A reitoria do Instituto Federal de São Paulo constituiu, em 13 de março, o comitê de crise com o objetivo de monitorar e avaliar, no âmbito do IFSP, as implicações relacionadas ao COVID-19. Saiba mais aqui.

registrado em:
Fim do conteúdo da página